Google+ Followers

Total de visualizações de página

terça-feira, 30 de maio de 2017

. . . a sessão de ontem

--- Novamente começou atrasada, com o presidentinho  (termo carinhoso) tocando a campainha às 19:48 hs. Essa foi uma sessão totalmente atípica e foi, literalmente, a sessão da lâmpada apagada e por obrigação recitaram hereticamente a oração programada e novamente várias pessoas autênticas permaneceram sentadas na plateia. A transmissão ao vivo esteve muito boa.

* Quorum: Faltaram a Rita e o Paulão. Suplente Marquezini na assistência.

* O principal assunto da noite, pasmem, foi a quantidade de lâmpadas apagadas nos postes da cidade em vários locais. O Eduardo V... contou 21. Usei acima o termo "literalmente" porque no todo foi mais uma sessão "apagada", sem trabalho significativo de real interesse da população. Fraquinha... fraquinha...

* Como a sessão foi atípica a sequência deste tópico também será. Por que foi atípica? Porque normalmente há um vice-presidente (Rita), que assume a cadeira quando da ausência, temporária ou não, do presidente, bem como um segundo secretário (Léo) que faz as leituras quando o secretário se ausenta. Ontem foi uma "bagunça", ou seja, não sei se há algum defeito nas cadeiras dos edis ou há espinhos nas mesmas, pois é um tal de senta-levanta, vai pra lá e vem pra cá, saem do plenário a todo momento indo nos bastidores tomar um cafezinho ou ao banheiro e o troca-troca de cadeiras é constante. Vejam ontem então. Na falta da vice Rita quem assumia (por várias vezes) a presidência era o Eduardo V..., que também fez as vezes das leituras, com o Léo sentado ao seu lado. Seria para melhorar o padrão da leitura? Se foi, não adiantou nada, pois o padrão foi o mesmo, ou seja, um zero à esquerda. E não só o segundo secretário estava ao seu lado, como o primeiro secretário Toco estava no corredor ao lado batendo papo.

* Por causa desta balbúrdia vejam só o que aconteceu. O presidentinho fora de sua cadeira de presidente (portanto como vereador comum), cadeira que estava sendo assumida pelo vice Eduardo V..., recriminou de maneira deselegante, arrogante e prepotente seu colega Roberto jocosamente menosprezando-o pelo fato de um requerimento do Roberto não ser melhor redigido, dizendo que isso não era de se esperar por quem está num segundo mandato. Ora presidentinho, quem é você na ordem do dia para se portar assim perante o melhor, mais educado e sensato vereador desta Casa desde a legislatura passada? Você como homem público está quilômetros atrás do Roberto em qualidades e virtudes e em reputação ilibada! E o pior ainda foi que antes do Roberto fazer sua defesa, ele o presidentinho, numa atitude reprovável (como tantas outras aliás), acintosamente reapoderou-se de sua cadeira de presidente para reassumir suas prerrogativas como tal. Isso é agir corretamente sr. Felipe? Seja honesto desta vez e admita seu erro, sua atitude autoritária. Sua sorte é o Roberto ser um "gentleman" e se portar pacificamente, pois poderia muito bem tê-lo recolocado em seu devido lugar.

* A sessão também foi atípica pois algo acontecia nos bastidores que nitidamente perturbava o andamento da sessão, a ponto de até ser interrompida. Foi o fato de um trágico acidente de trânsito ter acontecido no momento lá na Av. João Gerosa envolvendo uma moto e o nosso amigo conhecido como Pola. Com isso a sessão se encerrou rapidamente às 21:42 hs, portanto durou apenas 1 hora e 56 minutos.

--- Foi isso. 

. . . que o recado está dado.

--- Sempre achei esse negócio de ficar abrindo processo a torto e a direita de uma babaquice sem tamanho, mas é um direito de cada cidadão. A Justiça nos concede esse direito e por isso em SN principalmente há alguns com essa mania. Nunca abri processo contra ninguém, embora já tenha respondido a vários, sempre em consequência de comentários feitos por mim ou nos microfones da RSN ou em minhas colunas nos jornais locais ou agora aqui neste blog. Em consequência disso, hoje tenho dois escritórios de advogados que me dão cobertura em São José dos Campos e outros dois que me dão cobertura em Serra Negra e estamos sempre atentos a tudo e a todos. Portanto, meus desafetos, anônimos ou não, muito cuidado com o que falam ou escrevem porque agora tudo o que escrevem e falam contra mim, insinuando ou não, vão ter que provar na Justiça, pois agora entrei também neste rol. Hoje existem 3 tipos de ações judiciais e/ou policiais correndo contra vocês. O recado está dado.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

. . . que até pensei...

--- Este vídeo está correndo na internet e recebi via zap dizendo que foi feito pra mim. Confesso que até pensei em fazer o mesmo quando receber via correio a tal da moção com a qual fui premiado, mandando de volta pelo mesmo caminho e com o mesmo recado final aos vereadores promotores de tal moção, tal a importância e significado que essa moção tem pra mim e pra muita gente, principalmente partindo de quem partiu. Só não vou fazer isso porque se fizesse ia ficar sem ela para poder colocar numa moldura fazendo parte de minha galeria de troféus e medalhas. Vejam o vídeo até o final :
video

. . . que não, isso não...

--- Segundo jornal de Bragança Paulista novamente o Sr. Adib Chedid foi condenado e se isso repercutir na sequência de sua gestão bragantina, com certeza ele virá encher os pacovás dos serranos outra vez. Não, isso não... pelo amor de Deus!!!  Vade retro!!!

http://bragancaempauta.com.br/jesus-chedid-e-anizinho-sao-condenados-pelo-tj-por-causa-de-reforma-no-bragantino/

. . . que hoje tem


--- Segunda-feira é dia de sessão... Quem será que o presidentinho vai escalar hoje para ocupar a tribuna e meter o pau no Blog-Comentando e no Ver. Leandro, além dele é claro???

. . . o Bloco dos Lambe Botas



--- Está cheio disso em todos os lugares e com certeza cada um teria sua própria lista particular, principalmente dos homens públicos. Já pensando no próximo carnaval serrano, que tal formarmos o Bloco dos Lambe Botas? A Laudo Natel não comportaria tanta gente... Adivinhem quem seria o Presidente do bloco.

domingo, 28 de maio de 2017

. . . mais um erro crasso.






--- Mais um erro de revisão no mesmo número. Às vezes este tipo de erro também acontece aqui no blog. A grande diferença é que aqui isso pode ser corrigido a qualquer momento e lá por ser impresso, é definitivo. Gravidez com S?

. . . mais um que parte


--- Partiu essa noite mais um amigo, LUIZ HAROLDO SCACHETTI.
Aos irmãos Pamo e Paulo sentidas condolências, bem como a toda a família.

sábado, 27 de maio de 2017

. . . mais essa agora???

--- CENTRO DE CONVENÇÕES interditado pelo Corpo de Bombeiros, não podendo mais serem realizadas festas em seu recinto. Por que será??? Por quanto tempo??? Problemas estruturais???

. . . com endereço certo


--- Quem gosta de SANGUE ou é VAMPIRO ou é MORCEGO.


. . . que continua mais atual do que nunca


sexta-feira, 26 de maio de 2017

. . . a previsão pra sábado















--- Acima pelo Jornal Nacional e abaixo pelo Jornal da Band.















. . . o aniversário de quem já partiu

--- Já está nas bancas, mas continua com deficiência no trabalho de revisão. Frequentemente não atualiza sua lista de aniversariantes VIVOS e fica cumprimentando aniversariantes que não aniversariam mais. Hoje foi a vez de nosso saudoso e querido amigo Waldomiro Fazolim. Mas aproveitamos para recordá-lo e homenageá-lo. 

. . . uma interessante associação

--- Foi feita pelo leitor Edison morador nas Três Barras. A sutileza da comparação justifica o destaque. Prestem atenção :

Durante meu tempo nos EUA estive vivendo em Nova York por mais de dez anos. Neste período havia um prefeito judio com o nome Ed Koch. Numa reunião com moradores de uma determinada rua na cidade perguntaram a ele: Senhor prefeito, houve um crime na nossa rua, porque o senhor não coloca mais polícia, viaturas e câmeras nesta rua?  Ao que o prefeito respondeu: Controle do crime nesta cidade é feito por estatística, numa rua houve um crime vai haver uma investigação sem dúvida, mas não necessariamente uma viatura patrulhando a rua o dia todo. Numa rua onde dezenas de crimes foram cometidos sem dúvida mais recursos e equipamentos policiais serão investidos.

Quando estive na sessão da Câmara na semana passada pude notar quase todo o efetivo da polícia da cidade na Câmara, sendo que tinha pelo menos uns 10 policiais e o comandante diretamente em frente dos vereadores. Faz-se o mesmo nas favelas brasileiras, muito crime muito policiamento. Isto deixa realmente muito a imaginar, quanto policiamento existe em outras Câmaras do primeiro mundo. Por que todo este efetivo e não somente um ou dois policiais?  Edison.

. . . que novamente a história se repete

--- Já mencionei isso aqui e o momento justifica repetir o fato. Lá no começo da governo Elias-Elmir, mais ou menos 89-90, tentaram me derrubar num episódio parecido com o de agora. Naquele tempo havia na subida da Coronel um bar conhecido como Bar do Oscar Faria, um dos QGs políticos da cidade, e minhas críticas ao governo eram fortes em minha coluna "Comentando..." no jornal local. No decorrer do tempo viram que eu tinha razão em meu posicionamento, pois logo depois disso o vice abandonou seu cargo e um dos meus agressores acabou em pouco tempo tendo final trágico. Evidentemente, como agora, não conseguiram o intento pois saí do episódio ainda mais prestigiado. Igualzinho agora. Naquele dia saiu um comentário dentro do referido bar, do qual fui informado imediatamente após ele ser emitido. Disse assim o Oscar: "Quiseram enfraquecer o homem e o deixaram ainda mais forte". Com certeza o Oscar Faria nem deve mais se lembrar disso, mas eu não me esqueci. É a história que se repete.