Google+ Followers

Total de visualizações de página

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

. . . uma noite de paz

--- Na sessão solene de nosso Legislativo o pároco de São Francisco de Assis, Pe. Walmir Thiel, pelas obras que realizou em Serra Negra em apenas 2 anos e 4 meses, recebeu o Título de Cidadão Serrano. Ao anunciá-lo quebrei o protocolo e o saudei falando de seu pedido feito no México perante a imagem de Nossa Senhora de Guadalupe em junho de 2.012, quando pediu que lhe enviasse para uma cidade pequena. E lhe disse que Nossa Senhora atendeu seu pedido lhe enviando para SN, e lhe lembrei o que Nossa Senhora lhe disse naquele dia, ou seja, que  Ela estaria nesta mesma cidade pequena lhe recebendo com seu outro título, o de Nossa Senhora do Rosário. E encerrei meu improviso dizendo a ele "Bendito aquele que vem em nome do Senhor" e que ele conseguisse trazer Paz aos homens de boa vontade de nossa terra. Quis me referir subjetivamente, que ele trouxesse PAZ principalmente entre os homens públicos de Serra Negra. Concluindo, considerei e classifiquei, por essa e outras coisas, que a noite da última sexta no Centro de Convenções, foi uma noite de paz.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

. . . que agora é pra rir. Você já viu um caso de imitose?

video

. . . que em Paris você paga 1.000 dólares para ver isso

--- São 15 ilusões em 5 minutos:

. . . falha minha

--- Quando transportei comentário de leitor para tópico sugerindo soluções para a questão do Sítio do Vô Pedrão, por distração não colei o nome de seu autor MARCELO DE SOUZA, mas se forem aos comentários do tópico "... a sequência", verão que lá o mesmo comentário está devidamente assinado pelo Marcelo, portanto não são sugestões anônimas. Desculpem a minha falha.

. . . e agora José... ops... Antônio?

--- Apenas as folhas 47 para que saibam do que se trata e 50 para lerem a sentença, pois o processo é extenso. Espaço aberto, como sempre, para quem de direito se manifestar, se quiser, é claro.

TC-002525/026/09

Fl. 47
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO
Corpo de Auditores

SENTENÇA DO AUDITOR ANTONIO CARLOS DOS SANTOS
PROCESSO: TC- 002525/026/09.
ENTIDADE: SERRA NEGRA EMPRESA DE TURISMO S/A. – SENETUR.
MUNICÍPIO SEDE: ESTÂNCIA TURÍSTICA DE SERRA NEGRA.
DIRIGENTE: NÃO HÁ GESTORES DESIGNADOS.
RESPONSÁVEL: ANTONIO LUIGI ÍTALO FRANCHI – Prefeito Municipal da Estância Turística de Serra Negra à época e atual Prefeito Municipal.
MATÉRIA: BALANÇO GERAL DO EXERCÍCIO DE 2009.
INSTRUÇÃO: UR 03 UNIDADE REGIONAL DE CAMPINAS/DSF-II.
ADVOGADO: JOSÉ GERALDO JARDIM MUNHOZ – OAB/SPN Nº 133.714, GIOVANA HELENA VICENTINI CORDEIRO – OAB/SP Nº 167.790 e outros


TC-002525/026/09

Fl. 50
TRIBUNAL DE CONTAS DO ESTADO DE SÃO PAULO
Corpo de Auditores

Por todo o exposto, à vista dos elementos que instruem os autos e do posicionamento desfavorável da Chefia de ATJ, e nos termos do que dispõe a Resolução n° 03/2012 deste Tribunal, JULGO IRREGULARES as contas de 2009 da SERRA NEGRA EMPRESA DE TURISMO S/A. – SENETUR, com amparo no art. 33, inciso III, letra, “b” da Lei Complementar Estadual nº 709/93, com recomendações para cumprir a Instruções 02/08 desta Corte.
Autorizo vista e extração de cópias dos autos no Cartório do Corpo de Auditores, observadas as cautelas de estilo.
Publique-se por extrato. 

terça-feira, 25 de novembro de 2014

. . . que Lula fez escola

* O  LULA não sabia de nada do mensalão . . .

* A  DILMA não sabia de nada do petrolão . . .

* O BIMBO não sabia de nada das nascentes serranas . . .

* Agora só falta o EDMIR dizer que não sabia de nada do pedágio na Assembléia . . .


. . . a matéria de hoje na EPTV

video

. . . as sugestões do leitor em tópico

--- Como foi solicitado na matéria gravada para que, se alguém tivesse sugestões para resolver ou minorar os problemas no Sítio do Vô Pedrão, se manifestasse, aí estão elas. Agora Ver. Marquezini, depende de sua boa vontade e discernimento, colocar em prática, já que você se demonstrou preocupado com a vizinhança em suas palavras na entrevista. Aguardamos sua resposta.


"Caro Lauro, como você pediu sugestões e, sabendo que, conforme o vídeo, a escavação vai continuar, seguem sugestões para minimizar os impactos que esta obra está causando na vizinhança, avenida e região.

Cabe lembrar que são apenas sugestões e que, obviamente, devem ser avaliadas, projetadas, verificadas, dimensionadas pelo responsável pelo projeto e pela a obra. 

SUGESTÕES PARA MINIMIZAR O IMPACTO DA LAMA E POEIRA
1. PROTEÇÃO DOS TALUDES: Proteger os taludes escavados com grama ou qualquer outra proteção, por exemplo: geomenta, geocomposto, biomanta, hidrosemeadura ou provisoriamente com lona plástica devidamente fixada no terreno com grampos até que se consiga gramar toda a área;
2. Proteção das superfícies planas ou de baixa declividade com aglomerados (brita, cascalho, pedrisco, bica corrida, etc) devidamente agulhado e compactado);
3. DRENAGEM: Projetar e instalar sistema de drenagem de águas pluviais de forma a recolher e encaminhar adequadamente as águas de chuva (canaletas na crista e nas bermas intermediárias, escadas de dissipação de energia, caixa de passagem, caixa de sedimentação, etc);
4. Fechar a obra com tapumes. Se rever prioridades e a logística da obra e eventualmente o projeto de implantação, é muito provável ser fácil a instalação de tapumes;
5. Na entrada de saída dos caminhões instalar portão (para dar continuidade do fechamento da obra);
6. Na saída dos caminhões instalar um 'lava-rodas' para não permitir que o caminhão saia da obra soltando terra;
7. Não permitir que caminhões saiam da obra com sobrecarga para evitar queda de terra na rua;
8. Não permitir que caminhões saiam da obra sem estarem cobertos por lona devidamente fixada para evitar, ou minimizar, queda de terra na rua;
9. Sinalizar a rua avisando da entrada e saída de caminhões e eventuais áreas sujas e escorregadias e/ou estrangulamento da via. Tal medida pode ajudar na prevenção de acidentes de trânsito;
10. Orientar a passagem de pedestres por um corredor seguro e isolado da obra e do tráfego da avenida.
As 8 primeiras recomendações são as básicas e tradicionalmente adotadas em obras de terraplenagem. Estas medidas não são caras quando comparadas ao custo total da obra, principalmente em função do volume de terra que foi movimentado.
São medidas preventivas e consagradas no meio de obras de terra. Algumas delas até aparecem em leis municipais e em normas técnicas.
Estas medidas preventivas devem ser adotadas também na obra do aterro que está sendo executado com o material que foi escavado e transportado. Na verdade, no caso de aterros, além destas preocupações, é indispensável à obediência à uma especificação técnica elaborada pelo responsável pelo projeto do aterro, limpeza prévia antes de iniciar o aterro, seleção do material, disposição, espalhamento, limite da espessura da camada solta, controle
Vale lembrar que, ESTABILIDADE DE TALUDE É UMA COISA E, PROTEÇÃO SUPERFICIAL É OUTRA COISA. Portando, estas medidas não garantem a estabilidade do maciço que, certamente deve ter sido observado pelo responsável pelo projeto e pela obra."


. . . e filosofando

--- Vez ou outra aparece na internet fotos de "antes e depois" de artistas de cinema. Como eram no auge da fama e juventude e como estão agora... Barbaridade... Verdadeiras musas esculturais de beleza feminina e verdadeiros ídolos e ícones de aparência masculina chamativa e agora, perdoem-me a expressão, uns bagaços de dar pena, apesar de todo o trato, plásticas e maquiagem, com raras exceções. Aqueles que ainda aparecem em filmes mais recentes depois de já estarem com certa idade não impressionam tanto, como é o caso de Sean Connery por exemplo, mas os outros nos fazem pensar e meditar na marcha inexorável do tempo que passa para todos irremediavelmente. Diz o italiano "A vecchiaia é brutta", isto é, "A velhice é feia", no que diz respeito a aparência exterior. Como pra isso não tem jeito, cuidemos de nossa aparência interior. Por isso é bom não ficarmos muito tempo sem aparecer para todos, para não causarmos esse impacto visual, que é chocante. 

Aqueles que não me viam há muito tempo devem ter sofrido esse impacto na sessão solene que apresentei na última sexta-feira, da mesma forma que revi homenageados que há muito tempo não os via e tive o mesmo impacto, pelo menos com três deles, o que me impressionou bastante.

Aproveitando o gancho e mudando de assunto, o que gostei mesmo naquela noite foi ter tido a oportunidade de dar e receber um afetuoso abraço, como há tempos não acontecia, na 1ª Dama, minha sempre querida Zaira.

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

. . . a sessão de hoje

--- Neste momento está acontecendo a posse do Ver. André Padula e não está havendo transmissão ao vivo porque a Câmara me informou que a cidade toda hoje ficou sem e continua sem sinais da internet... Então paciência.

. . . a primazia

---A primazia de reunir todos os prefeitos vivos de Serra Negra permanece com a ASSIM (Associação de Imprensa) em festa dos "Destaques do Ano", promoção de minha coluna "Comentando..." no jornal local. E foi no S.N.E.C. Infelizmente, por motivos vários, não foi possível a repetição de tal encontro na Sessão Solene da Câmara Municipal na última sexta-feira. 
* Da esquerda pra direita vê-se os ex-prefeitos Bimbo, Irineu e sua esposa, Elmir e esposa, Jesus e esposa, Luiz, Sinésio, Elias, esposa e filha e o prefeito da época Paulo e esposa. Aí vem o então Presidente da ASSIM Dentinho e ao seu lado estava eu na apresentação também daquela noite. Agora mais do que nunca, um encontro memorável e inédito.

. . . que até tu Edmir???

--- Matéria transportada integralmente do blog do Pancho Villa :

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

DEU NO ESTADÃO...


EX-SERVIDOR DIZ QUE PAGAVA “PEDÁGIO” NA ASSEMBLEIA

Testemunha afirma que parte de seu salário tinha de ser devolvida mensalmente; segundo relato, dinheiro tinha destino dois deputados estaduais

O Ministério Público Estadual investiga suspeitas de um esquema instalado na Assembleia Legislativa de São Paulo por meio do qual funcionários teriam de devolver parte do salário recebido O dinheiro, segundo relatos feitos a promotores por uma testemunha cujo nome vem sendo mantido sob sigilo, tinha destino final deputados estaduais.

A reportagem da Rádio Estadão conversou com essa testemunha, que trabalhou durante nove meses da Assembleia durante a atual legislatura. Também ouviu outros cinco funcionários que permanecem no Legislativo paulista. Sob condição de terem seus nomes mantidos sob sigilo, todos confirmaram o pagamento, apelidado internamente de “rachid” e também conhecido como “pedágio”. “É um segredo de “polichinelo”, que tudo mundo sabe que existe”, disse um desses funcionários.

A testemunha-chave já ouvida pelo Ministério Público detalhou ‘a rádio como era feita a devolução de parte de seu salário. “Todo quinto dia útil do mês eu pegava o dinheiro no banco do Brasil e levava até a Alessandra Crusco na sala do DSG (Departamento de Serviços Gerais). Ela repassava para o André Pinto Nogueira e ele dizia que esse repasse era para os deputados Aldo Demarchi e Edmir Chedid”, afirmou o ex-servidor, que ganhava R$ 3.400 e diz que tinha que devolver R$ 1.600.

Gabinetes. Citado como ponte entre os funcionários que devolvem o dinheiro e os deputados estaduais, André Pinto é servidor comissionado e ganha cerca de R$ 18 mil por mês. Ele está lotado na 2ª Secretaria da Assembleia, comandada por Edmir Chedid (DEM). Antes, ele trabalhou no gabinete de Aldo Demarchi (DEM).

Nogueira já foi condenado pela Justiça Federal, em primeira instância, por improbidade em relação à licitação de uma empresa da qual é acusado de ser sócio oculto, a Gear Tecnology. O patrimônio de André Pinto Nogueira será alvo da investigação.

O promotor Otávio Ferreira Garcia, responsável pelo caso, afirma que prioridade do Ministério Público é investigar, agora, a participação de assessores que serviam como ponto do esquema. Ele afirma que deve pedir a quebra do sigilo dos suspeitos: “Podemos pedir à Justiça o afastamento do sigilo bancário e fiscal de pessoas identificadas, para fazer a confrontação desses dados e verificar se tem alguma discrepância que comprove esses saques em contas de favorecidos”.

O promotor espera que mais pessoas denunciem a devolução de salários da Assembleia.

Foro privilegiado. Já os deputados estaduais só poderão ser investigados a partir da Procuradoria-Geral de Justiça paulista, pelo fato de terem foro privilegiado. O caso, no entanto, ainda não foi enviado ao procurador-geral, Márcio Fernando Elias Rosa.

Fonte – O Estado de São Paulo – 24 de novembro de 2014.
Sérgio Quintella, Luiz Vassallo/Rádio Estadão/O Estado de São Paulo
      
* PITACO: A perguntinha que não quer calar:

ISSO  É  SER  FICHA  LIMPA???

domingo, 23 de novembro de 2014

. . . só por curiosidade

N O S T A L G I A : 
--- Depois de "200 anos" não veremos mais o luminoso

 "BAR E SORVETERIA AMERICANA"...

. . . a parceria funcionando

Mais uma historinha:
Ontem depois da Sessão Solene de entrega de títulos honoríficos da Sessão da Câmara dos Vereadores de Serra Negra, fui comer um lanche no Barzão (Bar do Zé), e alguns vereadores por lá também estavam. Sentei ao balcão como de costume e pedi um lanche, ao meu lado um vereador conversava com um munícipe, que indagou ao vereador sobre uma determinada situação para a construção de um pequeno condomínio em um terreno de pouco mais de 500 m2, o vereador respondeu com total propriedade: "Olha não sei te responder agora mas vou dar uma olhada no "REGIMENTO INTERNO" depois te respondo." Diante da insistência do munícipe em obter a resposta por diversas vezes o nobre edil respondeu sempre da mesma maneira: "Vou dar uma olhada no "REGIMENTO INTERNO" depois lhe falo. 
Ai vem minha revolta e as consequências de votar em pessoas despreparadas para ocupar um cargo de tamanha importância , esse vereador não sabe nem ao menos o que está fazendo lá, regimento interno é constituir normas e princípios que fundamentam as funções legislativas, administrativas e fiscalizadoras do parlamento do município, a orientação correta vereador seria: "Vou verificar o que diz a "LEI ORGÂNICA" do município depois te repondo, ou orientá-lo a procurar o setor competente da prefeitura.
Quanto mais me deparo com essas situações mais fico desiludido com o sistema político brasileiro, principalmente por saber que esse vereador foi eleito por gastar volumosa quantia em dinheiro para se eleger, e estar a pelo menos dois anos exercendo o cargo sem saber a diferença entre Lei Orgânica e Regimento Interno.
É lamentável ver pessoas desse nível "lutando" por nossa estância, o sistema político brasileiro está falido.

. . . o blog e o face

Adoro Serra Negra, tanto que tenho um apartamento na cidade e venho aos finais de semana para descansar, mas não é bem o que acontece. Próximo ao meu prédio existem dois bares que ficam " abertos" até as 5 da manhã. Abertos entre aspas pois fecham as portas e os freqüentadores ficam na calçada conversando, gritando, brigando, batem na porta do bar e vão comprando bebidas. Estou muito triste pois vim para. Serra Negra em busca de tranqüilidade, ar puro, ouvir o canto dos pássaros, e o que encontro é um verdadeiro inferno, não consigo dormir. Quase todas as noites tenho que chamar a Polícia Militar. Nem precisava fizer que isso acontece na Av. João Gerosa próximo a Rua dos Expedicionários . Fizemos B.O. Nada resolve. Quero simplesmente desfrutar do que Serra Negra tem de bom, será que vou conseguir ???